Estácio de Sá esaia na Sapucaí, com Jack Maia a frente da bateria pelo 2º ano consecutivo

Empresária será rainha de bateria pela segunda vez na Estácio

 Mais de uma década de carnaval e a sensação de que está estreando. Este foi o sentimento de Jack Maia ao pisar no Sambódromo na noite deste sábado, para ensaiar com os componentes da Estácio de Sá.  A empresária, que assumiu o posto no carnaval de 2020 , não segurou a emoção de voltar ao palco sagrado do carnaval após dois anos.

“Acho que todas as pessoas que amam o carnaval estão passando por isso. Desfilei muitos anos, fui rainha de bateria na Santa Cruz, sempre desfilei na Grande Rio mas, quando eu cheguei na Estácio  para desfilar como musa foi mágico. Me convidaram para ser rainha e não hesitei nem por um minuto porque essa escola é movida a paixão. Não pudemos ensaiar em 2020 mas voltamos e estamos com todo o gás acumulado”, disse ela momentos antes do ensaio. 

A escola, que está fazendo uma releitura do enredo em homenagem ao Flamengo, fez bonito e cantou alto o hino de 1995 que é entoado de forma corrente durante os jogos do time no Maracanã. Nem mesmo a derrota do Flamengo pelo Campeonato Estadual tirou o brilho da rainha, torcedora apaixonada pelo time, ou o ânimo dos estacianos, que cantaram forte o hino da escola. 

 “Essa força que a nossa comunidade tem, a garra para superar os momentos difíceis, é o que faz com que a gente venha para a Avenida sempre disposto a brigar pelas melhores posições” comentou a rainha

Jack é flamenguista assumida, e mesmo decepcionada com a derrota, declarou seu amor ao time rubro negro na pista mandando recado para a Nação. 

“Perdemos no Maracanã, mas vamos brigar pra vencer na Sapucaí. Esta é uma convocação para todos pra flamenguistas e também para o Flamengo virem conosco na busca deste campeonato” A Estácio de Sá será a terceira escola a desfilar no dia 21 de abril com o enredo “Cobra Coral Papagaio Vintém…#VESTIRUBRONEGRO, não tem pra ninguém!”, que está sendo desenvolvido pela dupla de carnavalescos formada por Mauro Leite e Wagner Gonçalves.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.