“Manda no BBB”, com Rodrigo Mandarini: tribunal virtual já decidiu vencedora

Fala, rapaziada!

O BBB 21 já chegou ao fim há algumas semanas. Assim como em outras edições, a turma das redes sociais que define o ganhador. Então, a Juliette foi adotada por todas as páginas de fofoca e seus seguidores. E a passada de pano na paraibana é surreal. Prova disso é que nesse paredão contra a Sarah e o Rodolffo, a ex-amiga loura que vai rodar com grande rejeição.

O que mais me surpreende é a cegueira dos fãs da Juliette. A menina é totalmente descompensada, fala mais do que a boca, não ouve ninguém, não presta atenção em nada que não seja nela mesmo. Em quase todas as tretas, ela apareceu e sempre se fez de vítima. O discurso cheio de incoerência consegue enganar com muita facilidade aqui fora. Lá dentro, porém, muitos não suportam.

As principais relações dela foram com participantes do camarote. Chegou e grudou no Fiuk, criou uma amizade unilateral com a Vih Tube, tentou ser amiga da Karol, puxou saco da Carla Diaz, agora chegou perto da Pocah. Já com o Gil e a Sarah, ela tem braço de ferro.

Agora, saindo a Sarah na terça-feira, o jogo vai ficar insosso. Vão isolar o Gil. Vih Tube vai continuar manipulando. Thais vai se manter só fazendo selfie e sem articular uma ideia. Pocah dançando e comendo. Ou seja, que venha o BBB22.

MANDA BEM: Arthur ficou outra pessoa com a saída da Carla. Tem relacionamento pesado também por parte de mulher. E ela saturava ele. Saiu e ele está renovado.

MANDA MAL: Caio é mais banana do que o Arthur. O cara não assume nada. Ter votado na Sarah neste paredão foi de uma deslealdade absurda. E ele não bancou o motivo.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *